BLOG IMD

Projeto Caiman Participa do 9º Congresso Brasileiro de Herpetologia

Entre os dias 22 e 26 de Julho está acontecendo o 9º Congresso Brasileiro de Herpetologia e neste ano o evento é sediado na UNICAMP. A equipe do Projeto Caiman trouxe um time de 6 pesquisadores que se uniu a outros mais de 800 de outras partes do Brasil e do mundo. Este evento é de extrema importância, pois a partir dele temos a oportunidade de conhecer os trabalhos que estão sendo desenvolvidos, rever colegas e pensar novas estratégias para a conservação da biodiversidade. Neste sentido, nossa equipe tem aproveitado este espaço para expor os trabalhos que foram desenvolvidos por nós nos últimos anos. A exemplo disso, temos como tema: a ecologia, genética, osteologia, hematologia e educação

Projeto Caiman Realiza Atividades de Sensibilização Ambiental na AEST

Nesta primeira semana férias escolares da Grande Vitória, a equipe do estágio de inverno do Projeto Caiman realizou atividades de sensibilização ambiental na AEST (Associação Esportiva Siderúrgica de Tubarão). Foi uma semana de muita brincadeira e aprendizado para todos que participaram. As atividades promovidas pelo P. Caiman são uma importantíssima ferramenta de mostrar de maneira lúdica, a importância dos jacarés e a biodiversidade como um todo para as crianças, jovens e adultos. Para isso, utilizamos um jogo de tabuleiro gigante, chapéus de jacarés, modelos e réplicas de ninho, ovos, jacaré de biscuit e até um crânio real. Nesse período, as pessoas tiveram a oportunidade de aprender um p

Desaparecido desde 1909: Expedição Pintoi

Em busca de um desaparecido. Foi desbravando florestas que 10 pesquisadores se reuniram para encontrar a espécie Crossodactylodes pintoi, um anfíbio anuro descoberto em 1909, e nunca mais encontrado. São quase 110 anos desaparecido. Todo este tempo serviu de muita motivação para que pesquisadores capixabas e cariocas se reunissem em uma expedição rumo ao possível local de ocorrência do C. pintoi, o Parque Estadual dos Três Picos, no Rio de Janeiro. Foram dias enfrentando chuvas torrenciais e obstáculos naturais da própria floresta. Mesmo com tanto esforço, infelizmente não foi desta vez. Tivemos a felicidade de encontrarmos uma possível espécie nova de anfíbio. Aprendemos que encontrar o C.

Extrativismo de Bromélia

Uma reserva, 550 famílias e uma relação desconhecida. Esta é a realidade da Reserva Biológica Augusto Ruschi (RebioAR), em Santa Teresa com os moradores do seu entorno. A maioria destas pessoas têm suas propriedades conectadas às matas da RebioAR, facilitando o acesso à essa área. O que nos intriga enquanto pesquisadores é saber qual o nível desta relação sobre a extração de bromélias (gravatá) em áreas naturais e estas com os anfíbios bromeligenous. Anfíbios de bromélia, ou bromeligenous são espécies de sapo, perereca ou rã que usam as bromélias como ambiente reprodutivo, tendo seu ciclo de vida associado a água, de chuva, que se acumula entre as folhas desta planta. Para entendermos um pou

Vídeo-curta: "O cultivador de esperança"

Uma pessoa que usou a paixão pela natureza para se reerguer de um momento difícil em sua vida. Há 5 anos o sr. Hélio Dias Vasconcelos cultiva mudas de árvores nativas da Mata Atlântica em sua própria casa. Todas as mudas são doadas às pessoas que o procuram com o intuito de reflorestar áreas desmatadas. O Projeto Bromeligenous não poderia ficar de fora desse movimento e durante os anos de 2017, 2018 e 2019 adquiriu aproximadamente 2000 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica e as distribuiu nas atividades de difusão científica realizadas em Santa Teresa, ES. Para esta história ficar registrada e servir de fonte de inspiração o Projeto Bromeligenous lançou um curta-documentário com o títu

Arquivo
Artigos Em Destaque

SIGA A GENTE

ENDEREÇO & CONTATO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Facebook - Instituto Marcos Daniel
  • Instagram - Instituto Marcos Daniel

Av. Eugênio Pachêco de Queirós, s/n

Jardim Camburi | Vitória-ES

CEP 29090-160 | Tel: (27) 3237-2405

Facebook

Instagram