SEGUE A GENTE

ENDEREÇO & CONTATO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Facebook - Instituto Marcos Daniel
  • Instagram - Instituto Marcos Daniel

Av. Eugênio Pachêco de Queirós, s/n

Jardim Camburi | Vitória-ES

CEP 29090-160 | Tel: (27) 3237-2405

Please reload

Facebook

Instagram

04

SOBRE O INSTITUTO

EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DE PESQUISA CIENTÍFICA

O Instituto Marcos Daniel é uma associação civil sem fins lucrativos, reconhecida pelo Ministério da Justiça como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP). Foi fundado em 2004 pelo Dr. Marcos Daniel Santos e situa-se em Vitória, Espírito Santo. Desenvolve projetos de conservação de biodiversidade, monitoramento da saúde da fauna selvagem e educação ambiental através do ecoturismo.

O IMD trabalha na expectativa de contribuir com a sociedade para a construção de um futuro mais justo e saudável para o homem e as demais espécies. O restabelecimento das funções ecológicas da biodiversidade é o melhor caminho para termos uma sociedade sustentável e para isso é preciso encontrar o caminho da coexistência e da tolerância entre o homem e a biodiversidade.

 

Precisamos imprimir um ritmo crescente de atitudes sustentáveis para correr contra o tempo evitando que a degradação ambiental seja o algoz da sociedade humana em um futuro próximo. Sozinhos não seremos capazes de promover mudanças efetivas na sociedade, mas, buscando a cooperação coletiva, podemos contribuir para minimizar os problemas ambientais e suas consequências.

MISSÃO

Contribuir para a conservação da biodiversidade, gerando conhecimento científico, boas práticas, comunicando e estimulando a promoção de uma sociedade sustentável.

VISÃO

Ser reconhecido pela sociedade como instituição brasileira de excelência, formado por pessoas comprometidas na gestão de pesquisas e projetos de conservação socioambiental em um prazo de 10 anos.

VALORES

Comprometimento; Acolhimento;

Ética; Criatividade; Inovação.

QUEM SOMOS

MARCELO RENAN DE DEUS SANTOS, D.SC
Presidente do Instituto Marcos Daniel

Desde criança, Marcelo Renan tem uma ligação especial com a vida selvagem. Aprendeu com seu avô, que era um fazendeiro de cacau, a respeitar e dar valor as coisas simples da natureza.

Foi em uma floresta de cacau cabruca que deu seus primeiros passos na Mata Atlântica. Após a graduação, foi convidado pelo projeto TAMAR a estudar a hematologia de tartarugas marinhas e nunca mais parou.

Bacharel em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (1995) com especialização em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Estadual Santa Cruz (2000), especialização em ensino médico pela Universidade de Havana (2001) e mestrado em Biologia Animal pela Universidade Federal do Espírito Santo (2005). Doutor em Ecologia de Ecossistemas (2015) estudando a relação entre poluentes específicos e a ocorrência de fibropapilomatose em tartarugas marinhas. Em 2004 fundou junto com seu pai o Instituto Marcos Daniel, do qual é presidente. Professor da Universidade Vila Velha desde 1999, tendo sido coordenador pedagógico do curso de medicina veterinária de 2001 a 2012. Atualmente é professor permanente do Programa de Pós-graduação em Ecologia de Ecossistemas na UVV. Tem experiência na área de Patologia Clínica veterinária, ecotoxicologia, atuando principalmente nos seguintes temas hematologia, bioquímica e contaminantes em tartarugas marinhas, conservação de fauna e medicina da conservação. Atua também como Coordenador do Projeto Chelonia Mydas.

Dra ANDRESSA GATTI
Fundadora e Coordenadora do projeto Pró-Tapir

Idealizadora e coordenadora do programa Pró-Tapir: Monitoramento e proteção das antas da Mata Atlântica Capixaba, Andressa atualmente está realizando seu pós-doutorado na Universidade Federal do Espírito Santo, Espírito Santo, sudeste do Brasil. Seu projeto envolve avaliar a efetividade de um dos últimos remanescentes de Floresta de Tabuleiros na manutenção e viabilidade das populações de antas e queixadas, no estado do Espírito Santo. Andressa é Mestre e Doutora em Biologia Animal pela Universidade Federal do Espírito Santo. Possui experiência na área de Ecologia, Manejo e Conservação da Fauna desde 2000, desenvolvendo diversos projetos, especialmente com os mamíferos de médio e grande porte. Seus temas de estudo abrangem levantamento e ecologia de mamíferos, biologia da conservação, distribuição geográfica e risco de extinção.

YHURI CARDOSO NÓBREGA
Médico Veterinário e Coordenador do Projeto Caiman

Desde muito jovem Yhuri possui uma ligação intensa com a natureza. Durante a graduação em Medicina Veterinária descobriu que deveria dedicar sua vida a conservação dos jacarés e a biodiversidade brasileira. "Cria" do Instituto Marcos Daniel, ao longa da sua graduação desenvolveu diversos projetos relacionados a Medicina da conservação na Amazônia, Pantanal e especialmente na Mata Atlântica, sempre relacionado aos jacarés.

Após a graduação em medicina veterinária, participou da fundação e implementação do Projeto Caiman: Jacarés da Mata Atlântica, no IMD.

Yhuri Cardoso Nóbrega é Médico Veterinário, Mestre em Ciência Animal e Doutorando do programa de Ecologia de Ecossistemas da Universidade de Vila Velha UVV - ES. Possui experiência em Saúde de Fauna Silvestre in situ e Medicina da Conservação, com foco em Crocodilianos e Testudines. Atualmente é Médico Veterinário e Pesquisador do Instituto de Ensino, Pesquisa e Preservação Ambiental Marcos Daniel - IMD; Coordenador do Projeto Caiman: Pesquisa e Conservação de Jacarés da Mata Atlântica e Conselheiro da Associação Brasileira de Veterinários de Animais Selvagens - ABRAVAS. 

ALAN PIERRE BATISTA VAZ
Administração e Contabilidade

Bacharel em ciências contábeis pela Universidade Federal do Espírito Santo, com foco em contabilidade no 3º setor. Alan é responsável por toda a documentação contábil, fiscal e a gestão administrativa do IMD.