SÉRIE "BROMELÍGENAS": Uma Procura Árdua

O gênero


Scinax é um gênero de anfíbios anuros do continente americano. As espécies deste gênero podem ser encontradas desde o México até a Argentina, e são popularmente chamadas de pererecas.


Este gênero utiliza de corpos hídricos lênticos, ou seja, de água parada ou com baixo fluxo (lagoas e brejos) ou lóticos, de água com maior fluxo (riachos), para depositarem os ovos. O Desenvolvimento é indireto, pois gera uma larva (o girino) que se metamorfoseia até se transformar em um indivíduo adulto.


Curiosamente o gênero Scinax é o mais representativo da família Hylidae, com 127 espécies descritas até o momento. No Brasil o número é menor, mas exclama! São 54 espécies!


Scinax arduous, Perereca-de-bromélia


Endêmica (nativa, restrita à uma região específica) de Santa Teresa, Espírito Santo, teve o holótipo (espécime único e usado na descrição da espécie) coletado em 1978 pelo saudoso herpetólogo Werner Bokermann. A descrição ocorreu posteriormente, em 2002, por Oswaldo Peixoto.

Scinax arduous - Fotografia de Rodrigo B. Ferreira