PROJETO

O projeto “Vivendo na Floresta: conservação da biodiversidade capixaba” visa integrar a pesquisa e educação para a conservação da biodiversidade do Espírito Santo. O projeto surgiu da importância de envolver as comunidades locais, científicas e técnicas na preservação das nossas matas.

A BIODIVERSIDADE DO ESPÍRITO SANTO

Aplastodiscus.jpg

O estado do Espírito Santo está totalmente situado no bioma Mata Atlântica, um dos biomas com maior biodiversidade do planeta. Além do litoral, rico pela exuberância de suas comunidades marinhas, a Mata Atlântica capixaba apresenta um mosaico com diferentes tipos de formações como as restingas, manguezais e as matas de tabuleiro e encostas, que permitem a ocorrência das mais variadas espécies de fauna e flora. Com mais de 700 espécies de aves, centenas de espécies de mamíferos, répteis e anfíbios, além de uma exuberante riqueza de invertebrados e sua floresta majestosa, a biodiversidade do Espírito Santo se destaca no cenário da Mata Atlântica Brasileira.

LOGO_VIVENDO-NA-FLORESTA-original cópia.png
Mutum-do-sudeste_Juliane
Marmosa paraguayana_Juliane
Macaco-prego-de-crista_Juliane
Psychosaura macrorhyncha_Juliane
Spilotes sulphureus_Juliane
Ololygon agilis_Juliane
Aplastodiscus

02

PESQUISA CIENTÍFICA

O Vivendo na floresta desenvolve pesquisas científicas acerca da diversidade de fauna em Unidades de Conservação e fragmentos florestais do ES, com o objetivo de realizar a catalogação de espécies, o monitoramento da biodiversidade e preencher possíveis lacunas de conhecimento.

Pesquisa_juntos.jpg

03

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

O Vivendo na Floresta desenvolve atividades de educação ambiental, levando o conhecimento resultante das pesquisas científicas para o público. As atividades de educação ambiental têm como objetivo conscientizar o público sobre a importância da conservação das nossas matas e conduzir à uma mudança de atitude em relação ao uso sustentável dos recursos naturais. As atividades de educação ambiental são desenvolvidas através de palestras em escolas públicas e privadas, eventos e mídias sociais.

Educação ambiental.JPG
Desenvolvimento.jpeg

Os dados acerca das populações e comunidades naturais são imprescindíveis para o planejamento de estratégias e ações de conservação, além de auxiliar o conhecimento para tomadas de decisão. Por isso, o Vivendo na Floresta desenvolve atividades para a capacitação e treinamento de gestores de Unidades de conservação, servidores técnicos
e guarda-parques. As capacitações têm como objetivo destacar a importância do monitoramento para a obtenção de dados sobre as populações, com isso, possibilitar a análise para obtenção de respostas e definição de estratégias de gestão, além fortalecer a "Ciência Cidadã" com a expansão da realização do monitoramento por meio do envolvimento de voluntários, como turistas, estudantes de graduação e moradores locais. Além disso, o Vivendo na Floresta desenvolve formação de jovens pesquisadores através do programa de iniciação científica.

 

DESENVOLVIMENTO
TÉCNICO-CIENTÍFICO

04

06

A EQUIPE

Juliane Pereira-Ribeiro

Juliane Pereira-Ribeiro

Bióloga - Coordenadora

Átilla Ferreguetti

Átilla Ferreguetti

Biólogo - Coordenador

Natália Vagmacker

Natália Vagmacker

Bióloga

07