SÉRIE "BROMELÍGENAS": O ÚNICO DO GÊNERO

Quem são os Dendropsophus?


Os anfíbios do gênero Dendropsophus pertencem ao grupo das pererecas e possuem 109 espécies distribuídas do México à Argentina. As espécies possuem características muito similares, dificultando assim a identificação de cada uma. Além disso, é comum neste grupo a colocação de ovos e desenvolvimento dos girinos em lagoas ou brejos, por serem áreas com água temporária ou com pouco movimento.

Fotografias de Rodrigo B. Ferreira


Entretanto, foi descoberta uma espécie que foge do padrão de todas as outras conhecidas deste gênero, tornando-se a primeira espécie a ter um ambiente de reprodução diferente!


Dendropsophus bromeliaceus


Em uma pesquisa na Reserva Biológica Augusto Ruschi, Santa Teresa, Espírito Santo, foi observada uma distinta perereca pulando em bromélias aderidas a troncos de árvores. Análises acústicas, morfológicas e genéticas revelaram tratar-se de uma nova espécie. O Dendropsophus bromeliaceus, conhecido popularmente como pererequinha-de-bromélia-teresense, veio a se tornar a primeira espécie bromelígena do gênero Dendropsophus. Ou seja, todo o desenvolvimento do ciclo de vida ocorre exclusivamente dentro de bromélias.