• Juliana Alves

Dia de Salvar os Anfíbios 2019 - "Save the Frogs Day'

​A edição de 2019 do “Dia de Salvar os Anfíbios” (“Save the Frogs Day”) aconteceu simultaneamente em 20 países. Pela segunda vez, o Espírito Santo recebeu esse evento, graças ao Projeto Bromeligenous, que no dia 20 de abril, o organizou no Museu de Biologia Prof. Mello Leitão do Instituto Nacional da Mata Atlântica em Santa Teresa. Uma equipe de 11 biólogos pesquisadores dedicou o dia a essa fascinante exposição sobre a vida dos anfíbios, promovendo a difusão da ciência com a sociedade. É muito gratificante!

Aproximadamente 1.000 pessoas experenciaram de forma interativa um circuito com atividades, brincadeiras, jogos e bate-papo. As pessoas foram recepcionadas e conduzidas à primeira estação, onde apresentamos alguns anfíbios vivos em aquaterrários, explicamos sobre a diferença entre sapo, perereca, rã, e cobra cega. Em seguida observaram no microscópio, a estrutura bucal de girinos e os detalhes de uma espécie nova de sapinho recém-descoberto. E ainda conheceram o esqueleto de um sapo diafanizado. Na segunda estação (“Você é bom predador?”), crianças e adultos se divertiram na tentativa de encontrar, por meio de fotografias no computador, os anfíbios camuflados em seu ambiente natural. Assim aprenderam sobre a importância da camuflagem para os anfíbios se protegerem de seus predadores. Na terceira estação batemos um papo com base em três painéis com informação sobre a diversidade, reprodução, impactos e importância dos anfíbios para a manutenção do ecossistema. Na quarta estação, os participantes aprenderam a fazer origami de sapo, pintaram máscaras de sapo, e coloriram desenhos. Enquanto isso, alguns pais esperavam seus filhos, e jogavam jogos de tabuleiro e memória. Na quinta estação, os participantes se tornaram um “herpetólogo-mirim”. Eles tinham que procurar por sapinhos de plásticos escondidos entre folhas no chão e bromélias. Crianças, adolescentes e adultos se divertiram ao mesmo tempo em que aprenderam sobre quem são os anfíbios e sua importância para o ecossistema, incluindo inúmeros benefícios para o ser humano. Ao finalizar todo o circuito cada participante ganhou um kit com diversos brindes do Projeto Bromeligenous.

Gratidão e esperança são os sentimentos que nos contaminam depois dessa ação! Que venham os próximos “Save the frogs day”. Estamos ansiosos!



​Texto: Juliana Alves e Fernanda Lirio

Fotografia: Arquivo Bromeligenous


SIGA A GENTE

ENDEREÇO & CONTATO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Facebook - Instituto Marcos Daniel
  • Instagram - Instituto Marcos Daniel

Av. Eugênio Pachêco de Queirós, s/n

Jardim Camburi | Vitória-ES

CEP 29090-160 | Tel: (27) 3237-2405

Facebook

Instagram