O PROJETO

Pesquisa e preserva os anfíbios de bromélia da Mata Atlântica. As bromélias armazenam água da chuva entre as folhas, formando um microambiente usado por muitos animais. Na Mata Atlântica existem 60 espécies de anfíbios (sapos, rãs e pererecas) que moram e se reproduzem em bromélias.

  • Facebook Projeto Bromeligenous
  • Instagram Projeto Bromeligenous
  • YouTube

Siga-nos:

02

BROMÉLIA

casa dos bromeligenous

Existem 3.500 espécies de bromélias, sendo que 1.000 espécies (29%) ocorrem na Mata Atlântica. Dessas 1.000 espécies, 81% só ocorrem na Mata Atlântica e 40% estão ameaçadas de extinção.

 

As bromélias estão ameaçadas devido à destruição do habitat e ao extrativismo ilegal, deixando os animais associados sem moradia, alimento e abrigo. As bromélias são importantes para as pessoas pois fornecem serviços ambientais benéficos ao ser humano, como manutenção da biodiversidade, ciclagem de nutrientes, regulam os vetores de doenças, influencia no ciclo da água e do carbono, e ainda têm o potencial de serem fontes de produtos químicos e farmacêuticos.

Bromelígenas (Bromeligenous em inglês) são organismos que têm o ciclo de vida (genous = origem) associado à água da chuva acumulada em bromélias. Os anfíbios bromeligenous nascem, crescem, reproduzem, comem e se refugiam dentro de bromélias. Cerca de 180 espécies de anfíbios necessitam das bromélias para reprodução, mas 35% estão ameaçados de extinção. Só restam 12% da Mata Atlântica, onde vivem 60 (30%) dessas espécies de anfíbios bromeligenous.

BROMELIGENOUS

03

04

O engajamento com estudantes, agricultores e sitiantes no entorno de unidades de conservação (reservas) permite troca de conhecimento acerca da importância da preservação de anfíbios e bromélias. As atividades educativas e o contato direto com anfíbios e bromélias permite sensibilizar as pessoas, objetivando atingir uma predisposição para a mudança de atitude em prol da vida.

Os membros do Bromeligenous desenvolvem diversas linhas de pesquisas, confira abaixo:

05

1
2

06

O PROJETO

O Bromeligenous é a união de pesquisadores, educadores e ambientalistas em 2012. Desenvolvemos pesquisas científicas para desvendar a peculiar vida das espécies de anfíbios (sapos, rãs e pererecas) que reproduzem em bromélias. Considerando a alta diversidade e risco de extinção dos anfíbios e bromélias, envolvemos os estudantes, agricultores e moradores do entorno de unidades de conservação (reservas) para troca de experiências sobre a importância da preservação de anfíbios e bromélias. Promovemos feiras de ciência, palestras, exposições fotográficas, mídias sociais e distribuição de material educativo para sensibilizar e predispor as pessoas à mudança de atitude em prol da vida.

* Link dos curriculos ao clicar nas imagens.

Bromélia
Protagonista
BROMELIGENOUS
Protagonista
Alan P. Araújo
Univ. Fed. Goiás
Amanda Lantyer
Univ. Estad. SP
Cássio Zocca
Inst. Nac. M. Atlântica
Cláudio N. Fraga
Jardim Botânico RJ
Cecilia Waichert
Univ. Vila Velha
Emily Kalnicky
Univ. Minnesota
Euvaldo M. Jr.
Cemafauna UNIVASF
Fernanda Lirio
Univ. Vila Velha
Joao Tonini
Harvard Univ.
João Lacerda
Inst. Nac. M. Atlântica
Juliana Alves
Univ. Vila Velha
Karen H. Beard
Utah State Univ.
Rodrigo B. Ferreira
Coordenador
Show More

07

Contate-nos
  • Facebook Projeto Bromeligenous
  • Instagram Projeto Bromeligenous
  • YouTube ícone social

SIGA A GENTE

ENDEREÇO & CONTATO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Facebook - Instituto Marcos Daniel
  • Instagram - Instituto Marcos Daniel

Av. Eugênio Pachêco de Queirós, s/n

Jardim Camburi | Vitória-ES

CEP 29090-160 | Tel: (27) 3237-2405

Facebook

Instagram