• Fernando Paulino

O Jacaré-de-papo-amarelo - Jornada “Marginais” #6

Saudações crocodilianas!


Estamos felizes em dizer que chegou a hora! O momento é para comemorar, pois chegou a hora♫♪


A partir desta matéria, prioritariamente, começaremos conhecer mais a fundo o nosso objeto de fascínio e amor: O Sr. jacaré-de-papo-amarelo e todas suas curiosidades.

Nossas conversas até agora foram um briefing para chegarmos neste momento. Ansiosos?

Façam seus rituais de relaxamento, pois é hora do raio-x do Caiman latirostris.

O JACARÉ DA MATA ATLÂNTICA

Nos capítulos anteriores aprendemos um pouco sobre o habitat do crocodilianos, com o jacaré-de-papo-amarelo não seria muito diferente. Sua ocorrência se dá em associação com ambientes relacionados à água e vegetação, como rios, pântanos, lagoas, manguezais. - E vamos combinar? A Mata Atlântica é abundante em ambientes assim.


Em termos quantitativos, cerca de 70% da população mundial de jacarés-de-papo-amarelo moram aqui no Brasil, majoritariamente no bioma Mata Atlântica. Entretanto a sua ocorrência se estende por quase toda América do Sul, com exceção do Peru. – Se o Brasil é a casa dos jacaré-de-papo-amarelo, podemos dizer que os outros países seriam a casa dos avós, tios e amigos?


A IMPORTÂNCIA DO JACARÉ-DE-PAPO-AMARELO

Como sabemos, todos os animais desempenham um papel importante para o desenrolar da vida, com nossos amigos não é diferente. Como predadores topo de cadeia, eles atuam como reguladores de espécies que fazem parte da sua dieta, suas fezes nutrem o ambiente aquático e serve como alimento para diversos organismos.


Desde cedo temos a falsa impressão que o fluxo de energia segue apenas um sentido - produtores, consumidores e decompositores, sempre de baixo pra cima. Na verdade, como já falamos, tudo está interligado. Diferente do que pensamos o jacaré está presente em quase todas etapas da cadeia alimentar. - Nós vamos separar um capítulo inteiro da Jornada "Marginais" pra falar sobre alimentação, então não se avexe que já chega.



MORFOLOGIA DO JACARÉ-DE-PAPO-AMARELO

Aqui chegamos num ponto bem importante, já parou pra se perguntar pra que servem as estruturas do nosso corpo? Braços, pernas, olhos, pálpebras? Certamente que sim!


Ao longo dos milhares de anos de evolução, não apenas em nós humanos, mas em todos os animais, surgiram diversas estruturas que possibilitaram, e possibilitam, alguma vantagem na corrida da vida. - Bença Charles Darwin.


Então vamos ver algumas delas.


O CRÂNIO DO JACARÉ-DE-PAPO-AMARELO

Para ser um grande predador, o jacaré precisa ser certeiro, pois pode não haver uma segunda oportunidade para jantar. Esse crânio forte e robusto é fundamental para sua sobrevivência na hora da caça lhe conferindo resistência e agilidade no ataque.


OS OLHOS DO JACARÉ-DE-PAPO-AMARELO

Os olhos dos jacarés possuem uma estrutura que funciona como óculos de mergulho enquanto eles estão submersos, chamada de membrana nictitante. - Ou terceira pálpebra pra ficar mais fácil lembrar. Ali na foto acima, ela está recolhida e podemos ver sua borda amarela no canto esquerdo do olho.


A membrana nictitante é uma película fina e transparente que abre e fecha no sentido vertical. Quando nossos amigos mergulham, a membrana se fecha o que confere melhor visibilidade e proteção aos olhos.


A PELE DOS JACARÉS-DE-PAPO-AMARELO

Como cavaleiros medievais, os jacarés usam uma armadura chamada osteoderma. São placas ósseas na pele, presente principalmente nas regiões dorsal e do pescoço, provendo uma poderosa barreira contra impactos e mordidas de outros animais.


OS ISOs DO JACARÉ-DE-PAPO-AMARELO

Os ISOs são órgãos sensoriais intergumentares que auxiliam na percepção do ambiente. Na imagem, todos os pontinhos pretos visíveis fazem parte desse emaranhado de sensores. - Os peixes possuem um mecanismo parecido chamado Linha Lateral. Legal, né?


Através dos ISOs, os jacarés conseguem interpretar sinais físico-químicos do ambiente a sua volta.


A CAUDA DO JACARÉ-DE-PAPO-AMARELO

Além de ferramenta de defesa, a cauda desses animais é extremamente importante para o nado, ela dá agilidade e velocidade funcionando com um propulsor do nado. - Já viram algum vídeo de jacaré saindo da água com o corpo formando um angulo de 90º com a lagoa? Google it, é sensacional!


Certamente existem diversas outras características igualmente importantes espalhadas pelo corpo do jacaré, entretanto como nosso combinado é que a leitura seja curta, ficamos com as especificações por aqui. - Claro que isso e muito mais está presente no nosso livro: "Marginais" Jacarés da Mata Atlântica. #momentomerchandising.


Como prometemos ali em cima, nosso próximo encontro vai ser sobre a alimentação dos nossos amigos jacarés-de-papo-amarelo. Então fique esperto que logo logo, estaremos aqui falando sobre comida.


Fique na paz e até mais!


<<<< CAPÍTULO ANTERIOR  PRÓXIMO CAPÍTULO >>>>

em breve...




O Projeto Caiman é uma realização:

- Instituto Marcos Daniel; @imdbrasil


- Projeto Caiman; @projetocaiman


Parceira:

- Instituto Últimos Refúgios; @ultimosrefugios


Texto:

- Fernando Paulino; @fepalva_

- Gabriel Dias; @gabrielgomesdias


Fotografia:

- Leonardo Merçon; @leonardomercon


Ilustração:

- Luiza Tanaka; @lu_tanakap


Infográfico:

- Felipe Facini; @felipe.facini


Patrocínio:

- ArcelorMittal Tubarão; @arcelormittaltubarao

37 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Kit Projeto Bromeligenous

Em cada ação interativa que promovemos, temos a intenção de oferecer algum material como lembrança do Projeto Bromeligenous. Por vezes nossa equipe sonhou com um kit mais completo do que tínhamos, par

SEGUE A GENTE

ENDEREÇO & CONTATO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Facebook - Instituto Marcos Daniel
  • Instagram - Instituto Marcos Daniel

Av. Eugênio Pachêco de Queirós, s/n

Jardim Camburi | Vitória-ES

CEP 29090-160 | Tel: (27) 3237-2405

Please reload

Facebook

Instagram