BLOG IMD

Jacaré-do-papo-amarelo - Um olharzinho curioso sob o luar.

Os jacarés são animais muito importantes para os ecossistemas, pois fazem o controle biológico de outras espécies de animais, alimentando-se dos animais mais velhos e fracos que não conseguem escapar de seu ataque. Além disso, suas fezes servem de alimento a peixes e outros seres vivos aquáticos. Fazer o quê, tem gosto para tudo, até para cocô. Atualmente, os jacarés-de-papo-amarelo, Caiman latirostris, sofrem com a destruição de seu habitat e a poluição dos rios e estão ameaçados de extinção. As pressões que os centros rurais e urbanos promovem nos ecossistemas fazem com que os jacarés tenham que atravessar rodovias e avenidas para migrar de uma lagoa a outra, o que resulta muitas vezes no

Jacaré-do-pantanal, o que olha de banda.

"Não me olha de banda que eu não sou quitanda". A popular expressão mineira tem correspondência no termo de origem tupi-guarani “îakaré”, que significa “o que olha de banda”. A expressão cai bem para descrever o olhar do jacaré-do-pantanal (Caiman yacare). É um animal robusto que pode chegar a três metros de comprimento, mas inofensivo à espécie humana. Sua aparência assustadora mete medo em muita gente, que associa os jacarés aos imensos crocodilos que habitam o imaginário popular por cauda das histórias da Cuca de Monteiro Lobato, o Capitão Gancho e dos filmes de Indiana Jones. Afinal, a expressão “Cuidado com a Cuca que a Cuca te pega” já assustou muita criancinha por aí, não é mesmo? E o

Arquivo
Artigos Em Destaque

SIGA A GENTE

ENDEREÇO & CONTATO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Facebook - Instituto Marcos Daniel
  • Instagram - Instituto Marcos Daniel

Av. Eugênio Pachêco de Queirós, s/n

Jardim Camburi | Vitória-ES

CEP 29090-160 | Tel: (27) 3237-2405

Facebook

Instagram